Igreja centenária em Monsaraz em vias de ser classificada

Igreja centenária em Monsaraz

Uma pequena igreja centenária, localizada na periferia da vila medieval de Monsaraz, em Reguengos de Monsaraz, está em vias de ser classificada como Monumento de Interesse Público (MIP), apesar do seu estado de ruína.
A directora regional de Cultura do Alentejo, Aurora Carapinha, contou à Agência Lusa que o processo de classificação da igreja como MIP começou em 1976 e que já, nessa altura, se alertava para a degradação do imóvel, sobretudo pelo valor das pinturas.
De acordo com a mesma responsável, o processo de classificação, cujo motivo da proposta são as pinturas murais datadas de 1629, "só agora é que está a entrar na sua fase final".
"É necessário pensar numa intervenção na igreja e, para isso, temos de sentar à mesa um conjunto de parceiros para tentar encontrar uma estratégia para a consolidação" do imóvel, realçou.
A Ermida de São Bento, propriedade da paróquia de Reguengos de Monsaraz, foi implantada nos finais do século XVI junto à porta da vila medieval de Monsaraz e está integrada no perímetro abaluartado da povoação.
Também em declarações à Lusa, Rafael Alfenim, da Associação de Defesa dos Interesses de Monsaraz (ADIM), descreveu que a igreja "está em ruína há já algum tempo" e que "uma parte da abobada da nave já tinha abatido e, no último inverno, abateu a totalidade".
O responsável frisou que a igreja "apresenta sinais preocupantes", nomeadamente "alguns destacamentos das paredes laterais em relação à fachada", e alertou que, se nada for feito para parar o processo de ruína, "poderão cair as paredes laterais da nave e a fachada".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima