Herdade Vale da Rosa quer exportar mais uvas de mesa em 2012

Herdade Vale da Rosa quer exportar mais uvas de mesa em 2012

Está a chegar a época das vindimas à Herdade Vale da Rosa!
Depois de um Inverno muito frio e seco, as uvas de mesa já despontam vigorosamente nas parreiras da propriedade e devem começar a ser colhidas nos primeiros dias de Julho, o que alimenta o optimismo dos responsáveis pela empresa de Ferreira do Alentejo em aumentar o volume de exportações da empresa.
“Em 2011 exportámos 25% da nossa produção total, que foi de 4.500 toneladas. E este ano estimamos exportar mais! Mas não sabemos quanto, tudo depende de como vai o mercado interno”, explica ao “CA” António Silvestre Ferreira, estimando que em 2012 a produção possa chegar às 5.000 toneladas de uvas de mesa com e sem grainha.
De acordo com o empresário e comendador, a cada ano que passa o Vale da Rosa vai “produzindo mais e mais” uvas, cativando “outros clientes” e dando “muita atenção à exportação”, sendo a Inglaterra a “principal cliente” da empresa baixo-alentejana, sobretudo no que toca às variedades sem grainha.
“Exportamos basicamente para a Marks & Spencer e para o Waitrose, duas grandes redes de supermercados”, diz.
Os países do norte da Europa são os outros principais consumidores das uvas sem grainha produzidas pelo Vale da Rosa, que vai igualmente tendo cada vez mais clientes para as variedades com grainha.
Em 2011 começaram as exportações para o Brasil e este ano a empresa ferreirense vai começar a exportar, “de uma forma mais organizada”, para a Holanda, Bélgica e Suíça.

<b>MAIS INFORMAÇÃO NA EDIÇÃO DE 29 DE JUNHO DO "CORREIO ALENTEJO", JÁ NAS BANCAS</b>

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima