GNR da Salvada detém nepalês em situação ilegal

GNR da Salvada detém

A GNR da Salvada (Beja) deteve na segunda-feira, 20, um cidadão de naturalidade nepalesa, com 23 anos, por se encontrar em situação de permanência ilegal em Portugal.
Fonte da Guarda explica ao “CA” que o cidadão em causa foi identificado durante uma fiscalização de trânsito em Baleizão, quando se deslocava de automóvel com mais três nepaleses (dois 23 anos e um com 44).
Durante a operação, a GNR apurou que o cidadão já havia sido notificado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) para abandonar o país no final do ano de 2012, estando em permanência ilegal em Portugal.
O nepalês foi detido e constituído arguido, tendo sido presente no Tribunal Judicial de Beja, onde lhe foi determinada a medida de expulsão do país.
Segundo a GNR, o arguido recorreu da sentença e aguarda julgamento em liberdade, sujeito à medida de coacção de termo de identidade e residência.
Dois dos restantes cidadãos nepaleses identificados na mesma operação foram notificados para comparecerem perante o SEF para regularização da sua permanência em Portugal, enquanto um terceiro foi notificado para abandonar voluntariamente o país no prazo de 20 dias.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima