GNR apreende vinho e aguardente ilegal em Cuba

GNR apreende vinho e

A GNR apreendeu sexta-feira, 11, em Cuba , um total de 12 mil litros de vinho e 60 litros de aguardente ilegais, que poderiam render 30.360 euros no mercado.
A mercadoria proveniente de produção ilícita foi apreendida pelos Destacamento de Acção Fiscal de Évora, da Unidade de Acção Fiscal, no cumprimento de um mandado de busca, na manhã de sexta-feira.
Da apreensão, constam os 12 mil litros de vinho (que teriam um valor de mercado na ordem dos 30 mil euros) e os 60 litros de aguardente (valor de 360 euros), bem como cinco depósitos em inox (avaliados em 3.500 euros) e quatro talhas em barro (2.500 euros).
Fonte da GNR disse à Agência Lusa que a operação incidiu “numa casa particular em Cuba, onde a bebida era destilada, para depois ser comercializada”.
“A apreensão foi efectuada ao abrigo da lei relacionada com o Regime Geral das Infracções Tributárias, por presunção de fraude fiscal, calculando-se o valor do imposto especial de consumo em questão em cerca de 16 mil euros”, explicou a GNR.
A mercadoria apreendida foi selada, ficando à ordem do respectivo processo no Departamento de Acção e Investigação Penal de Évora.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima