Francisco Duarte: Castro Verde aposta na "diversificação económica"

Francisco Duarte: Castro Verde aposta na "diversificação económica"

Com um orçamento de 15 milhões de euros em 2012 (menos 1,7 milhões de euros que no último ano), o presidente da Câmara de Castro Verde revela que a grande aposta da autarquia vai passar pela diversificação do tecido económico local.

<b>O orçamento da Câmara de Castro Verde para 2012 é apresentado como “um orçamento de contenção, mas também de oportunidades”. Em que medida?</b>
De contenção é óbvio! As propostas de Orçamento do Estado (OE) anunciaram os cortes que iríamos sofrer e eles verificaram-se no documento que foi aprovado finalmente na Assembleia da República, que representam para a autarquia de Castro Verde, nestes últimos três anos, um corte de um 1,6 milhões de euros. Portanto, tem de ser um orçamento de contenção!

<b>E em que medida constitui uma oportunidade?</b>
Porque as opções que têm de ser feitas são muito mais exigentes. Quando há muito dinheiro ou muitos recursos tornam-se mais simples as opções. Ou podemos seguir vários caminhos. Mas com a contenção financeira e de recursos temos de optar pelos caminhos que entendemos serem os mais convenientes. E a grande opção que estamos a tomar é, efectivamente, a procura da diversificação do tecido económico local.

<b>LEIA A ENTREVISTA DE FRANCISCO DUARTE NA ÍNTEGRA NA EDIÇÃO DE 20 DE JANEIRO DO "CORREIO ALENTEJO", JÁ NAS BANCAS</b>

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima