Faleceu o magistrado Francisco Colaço

Faleceu o magistrado Francisco Colaço

Faleceu hoje de madrugada o magistrado Francisco Colaço, de 84 anos, no seguimento da grave doença que o afectou nas últimas semanas. Natural de Castro Verde, Francisco José Faleiro Baltazar Romano Colaço foi uma figura marcante deste concelho, mantendo ao longo da sua vida, além da actividade profissional, um forte envolvimento no sector agrícola.
Actualmente, Francisco Colaço desempenhava vários cargos públicos, nomeadamente a presidência da mesa da Assembleia Geral de três importantes instituições da região: a Associação de Agricultores do Campo Branco, a Caixa de Crédito Agrícola de Aljustrel e Almodôvar e os Bombeiros Voluntários de Castro Verde.
O velório e as cerimónias fúnebres decorrem em Castro Verde estando o funeral para o cemitério da vila marcado para as 11h30 desta sexta-feira, dia 30 de Dezembro.
À família enlutada o “Correio Alentejo” manifesta o seu mais profundo sentimento de pesar.
Em nota de pesar enviada ao "CA", também a Câmara de Ourique manifesta o seu "profundo pesar" pelo falecimento de Francisco José Faleiro Baltazar Romano Colaço, que classifica como "figura de referência" da região, um homem "comprometido com o sector agrícola" e que foi conservador do Registo Predial em Ourique e presidente da Assembleia Municipal de Ourique entre 1976 e 1982.
"O seu permanente compromisso cívico com a comunidade são uma inspiração e perdurarão na memória colectiva das nossas populações e instituições", acrescenta a nota de pesar da autarquia ouriquense.
Também em nota de pesar divulgada no seu site na Internet, a Câmara de Castro Verde expressa "o mais profundo sentido de tristeza e pesar" pelo falecimento de Francisco Colaço.
"O concelho de Castro Verde e a região do Campo Branco perdem uma figura ímpar da sua vida política e social, um amante da terra e da agricultura e um activo interveniente no seu movimento associativo", acrescenta a nota.
O Município afirma ainda que com o falecimento de Francisco Colaço, "Castro Verde perde uma figura de referência da sua vida social e política, deixando a nossa terra mais pobre do ponto de vista humano".

Notícia actualizada às 9h56 de dia 30 de Dezembro

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima