Centro UNESCO abre portas na cidade de Beja

Centro UNESCO abre

É inaugurado esta quarta-feira, 12, o novo Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial (CEUSPCI) de Beja, instalado no edifício emblemático do antigo Clube Bejense.
A criação desta nova infra-estrutura resulta da parceria da Câmara Municial e da UNESCO com a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, o Centro Nacional de Cultura, a Fundação Aga-Khan, o CENA – Sindicato dos Músicos, dos Profissionais do Espectáculo e do Audiovisual, a MODA – Associação do Cante Alentejano e a Confraria Gastronómica do Alentejo.
O objectivo, referem os promotores do CEUSPCI, é “salvaguardar e promover as várias manifestações do património cultural intangível”. “A criação deste Centro deve ser, por isso, vista como uma reacção à crescente debilidade demográfica do interior, em particular do Alentejo, que partindo da valorização das suas gentes pretende projectar uma sociedade para o futuro ancorada nas práticas e memórias que estes patrimónios imateriais evocam”, acrescentam.
A inauguração do Centro UNESCO em Beja arranca às 9h30 com um atelier para crianças, sendo que a cerimónia oficial será às 18h00. Durante o dia terá ainda lugar a apresentação da exposição fotográfica “Cante: Alma do Alentejo da foto”, da jornalista Ana Baião, e as actuações das Vozes Búlgaras Angelite, Cantadores do Desassossego e António Zambujo (a partir das 22h00 na Praça da República).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima