CDU defende trabalhadores da Assembleia Distrital na CIMBAL

CDU defende trabalhadores da

A coordenadora distrital de Beja da CDU entende que a passagem dos trabalhadores da Assembleia Distrital para a Cimbal é a solução “que mais se ajusta” de momento.
Na passada semana, a Assembleia Distrital de Beja aprovou a transferência dos seus bens, onde se inclui o Museu Regional Rainha D. Leonor e os seus trabalhadores, para a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (Cimbal), fruto da recente legislação que obriga estas entidades a passar o seu património para uma comunidade intermunicipal, uma câmara municipal ou uma associação de municípios.
“Perante a imposição legal da transferência e nestes prazos, a passagem nesta fase para a Cimbal é a que mais se ajusta, quer às características e simbolismo regionais do património e realidade que constituí a Assembleia Distrital, quer ao volume do esforço financeiro exigido para garantir o seu funcionamento, incomportável para qualquer município isoladamente considerado”, defende a coordenadora da CDU.
Os comunistas reiteram igualmente que os municípios devem avaliar, no futuro, “as condições em concreto que permitam evoluir para outras eventuais soluções, possíveis de ser aceites por uma outra entidade, de forma solidária e defendendo o que é de todos”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima