Castro Verde vai ter Gabinete de Apoio ao Emigrante

Informar e prestar apoio aos cidadãos portugueses e lusodescendentes é o grande objetivo do novo Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE) de Castro Verde, que a Câmara municipal vai colocar em funcionamento a partir de próximo dia 1 de Fevereiro.

O GAE está instalado no edifício do IN Castro – Centro de Ideias e Negócios e resuylta de um protocolo de colaboração entre a autarquia e a Direção Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas.

A instalação do GAE em Castro Verde decorre no âmbito do novo Programa de Apoio ao Investidor da Diáspora, promovido pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros em parceria com o Ministério da Coesão Territorial.

Segundo a autarquia, este novo serviço vai permitir “informar e prestar apoio aos cidadãos portugueses e lusodescendentes nas áreas jurídica, económica, empresarial, entre outras”.

O GAE permitirá ainda “prestar aconselhamento a munícipes que pretendam regressar ou investir em Portugal ou emigrar, incrementando e acentuando as relações com os nossos munícipes e respetivos familiares residentes na diáspora”, acrescenta a Câmara de Castro Verde.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima