Castro Verde aprova plano para resíduos sólidos urbanos

Castro Verde aprova plano

A Câmara Municipal de Castro Verde aprovou recentemente o seu Plano de Acção de Resíduos Sólidos Urbanos (Papersu), que vai vigorar entre os anos de 2015 e 2020.
Fonte municipal adianta ao “CA” que o novo plano “tem como prioridade minimizar os impactos ambientais com aproveitamento do valor sócio-económico, ao mesmo tempo que prevê a eliminação progressiva da deposição de resíduos em aterro, com vista à erradicação da deposição directa destes na área do Município de Castro Verde, até 2030”.
De acordo com a mesma fonte, para atingir as metas propostas ao nível da reciclagem e da diminuição da deposição de resíduos em aterro a autarquia vai desenvolver um conjunto de estratégias, “que incidem, sobretudo, na prevenção de resíduos, na preparação para reutilização e reciclagem e na redução da deposição de Resíduos Urbanos Biodegradáveis (RUB) em aterro”.
A criação de um grupo de trabalho de acompanhamento e informação sobre a gestão de resíduos sólidos, a dinamização de acções de sensibilização, o reforço da rede de ecopontos e a optimização do processo de compostagem são algumas das medidas previstas no âmbito do Papersu.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima