Carrinha do Albernoense incendiada em Beja

Carrinha do Albernoense

A carrinha do Albernoense para transporte dos seus atletas ficou totalmente destruída, depois de ter sido incendiada em Beja na madrugada de quarta para quinta-feira, 14.
“A carrinha estava estacionada desde sábado, 9, no sítio do costume, junto ao Jardim Público de Beja. Na madrugada de quarta para quinta-feira o nosso treinador foi acordado por vizinhos porque a carrinha estava a arder. Quando chegou ao local, estava totalmente destruída”, conta ao “CA” o presidente do clube de Albernoa.
O clube apresentou de imediato queixa na PSP de Beja e David Mestrinho suspeita que na origem do caso tenha estado um acto de vandalismo, até porque nessa mesma noite foi incendiado outro carro em Beja.
“Quando estava na esquadra, estava outra pessoa à minha frente a queixar-se de que o seu carro tinha sido incendiado, mas teve mais sorte que nós, pois ainda conseguiu apagar o fogo. Depois até levou umas acendalhas que estavam no local como prova. Estou inclinado que no caso da nossa carrinha o fogo também tenha sido ateado com acendalhas em cima dos pneus”, continua David Mestrinho.
Inconsolável, o presidente do Albernoense diz que o prejuízo para o clube é imenso, pois tratava-se da única carrinha que a instituição possuía, sendo que agora a equipa de futebol, que disputa o campeonato de Beja do Inatel, fica à “mercê da boa vontade dos sócios e dos jogadores”.
Com o clube sem grande disponibilidade financeira para investir numa nova carrinha, David Mestrinho explica que quando o tempo melhorar serão organizadas algumas festas de angariação de fundos para o efeito.
“Temos de arranjar forma de dar a volta, o clube não pode parar”, conclui David Mestrinho.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima