Câmara de Ferreira do Alentejo com orçamento de 16,5ME em 2022

A Câmara de Ferreira do Alentejo vai contar em 2022 com um orçamento municipal de 16,5 milhões de euros, cerca de 300 mil euros acima do valor do orçamento do último ano.

O Orçamento e Grandes Opções do Plano (GOP) da autarquia ferreirense foram aprovados por maioria, tanto na Câmara como na Assembleia Municipal, sendo baseados “em valores realistas”, refere a introdução do documento.

Na mesma nota, o executivo liderado pelo socialista Luís Pita Ameixa explica que “em grande medida as GOP e Orçamento para 2022” da Câmara de Ferreira do Alentejo “dão continuidade a atividades e a investimentos que vêm de trás”.

“Estão neste caso as atividades correntes e as habituais, que todos os anos se realizam, ainda que, sobre algumas delas paire alguma incerteza por causa da pandemia Covid-19, cuja evolução não se consegue prever com segurança”, acrescenta a mesma fonte.

Em termos de investimento, a Câmara de Ferreira do Alentejo destaca para 2022 a “ampliação do Parque das Empresas”, obra avaliada em mais de dois milhões de euros e já em curso, a que se seguirá o lançamento de um “programa de captação de empresas”.

Nos planos da autarquia para este ano está igualmente “o esforço de modernização dos edifícios e espaços escolares” do concelho, estando previsto um investimento total de 1,5 milhões de euros na retirada do amianto das coberturas da escola-sede do Agrupamento de Escolas e na remodelação das escolas de primeiro ciclo de Odivelas e de Canhestros.

A Câmara de Ferreira do Alentejo conta ainda avançar com a remodelação da Estrada Municipal 526 entre Abegoaria e Gasparões (700 mil euros) e com a conclusão do Estádio Municipal.

A habitação é outra das prioridades definidas pela autarquia ferreirense para 2022, ano em que conta iniciar “a aplicação” da sua Estratégia Local de Habitação e “lançar as bases de importantes investimentos que levem a incrementar a oferta de habitação em quantidade e qualidade e acessível”.

A Câmara de Ferreira do Alentejo vai igualmente dar continuidade à colaboração com a Universidade Nova de Lisboa, no sentido de trazer ao concelho e ao Agrupamento de Escolas “maior capacidade de pensar o sistema de ensino e capacitar a sua evolução”.

Está ainda prevista a criação, a título experimental, de um “Orçamento Participativo” no Agrupamento de Escolas e o lançamento do Cartão Jovem Municipal.

Na área do abastecimento de água, será criado um novo sistema de adução a Odivelas.

Finalmente, a Câmara de Ferreira do Alentejo vai avançar neste ano com “a aplicação dos novos protocolos de descentralização” com as juntas de freguesia.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima