Câmara de Aljustrel contra fecho de Finanças

Câmara de Aljustrel

O executivo da Câmara de Aljustrel aprovou esta quarta-feira, 8, por unanimidade uma tomada de posição contra o eventual encerramento de serviços de Finanças local.
A tomada de posição foi apresentada para discussão e votação pelos vereadores da CDU na autarquia mineira e argumenta que “a defesa da qualidade dos serviços públicos deverá ser uma prioridade, assim como a sua universalidade de acesso a todos os cidadãos”.
Nesse sentido, o documento considera “que o encerramento e redução de serviços públicos – escolas, autarquias, extensões de saúde, estações dos CTT e instalações de forças de segurança –, somado à redução do investimento e à falta de emprego, tem contribuído para acentuar o processo de desertificação e despovoamento do concelho e freguesias”.
A tomada de posição sublinha ainda que com o eventual encerramento da repartição de Finanças, “o Governo castiga também o concelho de Aljustrel, já tão flagelado pela política do Governo de ataque às funções do Estado”, lembrando que o município tem a população envelhecida e que a medida “trará consequências gravosas para a população”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima