Bispo de Beja revela as nomeações para 2014-2015

Bispo de Beja revela as

A reestruturação da pastoral da cidade de Beja, que passará de quatro a duas paróquias, é uma das alterações anunciadas pelo bispo de Beja para o novo ano pastoral.
D. António Vitalino Dantas revelou no passado sábado, 2, no site da Diocese na Internet, as nomeações do clero para 2014-2015, explicando que em Beja uma das novas unidades pastorais será constituída pelas paróquias de Santiago Maior, Santa Maria e São João Batista, sendo confiada a três párocos in solidum e tendo como moderador o padre António Novais Pereira, que deixará as paróquias de Ervidel, Santa Vitória e Mombeja – que serão confiadas ao padre Luís Fernandes.
“Os outros dois párocos serão indicados em Setembro, assim como o projecto pastoral”, adianta o bispo de Beja, vincando que os padres residentes na cidade “continuarão a colaborar na pastoral, sobretudo nos serviços diocesanos, atendendo às suas capacidades e idade avançada”.
Para o restante território da diocese, as nomeações para o novo ano pastoral estipulam que os diáconos da Fraternidade dos Irmãozinhos de São Francisco de Assis assumam as paróquias de Albernoa, Trindade e Santa Clara de Louredo, sendo o cónego António Domingos Pereira o moderador.
Já para a paróquia de Vila de Frades foi nomeado o padre Daniel Guerreiro in solidum com padre Luís Gomes, enquanto padre Dariusz Pestka será o novo pároco de São Matias e Cabeça Gorda.
Por sua vez, o padre José Manuel Bravo será o pároco de Melides e do novo vicariato do Carvalhal, continuando como vigário paroquial das paróquias confiadas ao padre Manuel Rosário (que tem à sua responsabilidade as paróquias de Grândola, Santa Margarida da Serra e Azinheira dos Barros) e assistente espiritual da prisão de Pinheiro da Cruz.
O bispo de Beja decidiu ainda que a pastoral vocacional, o pré-seminário e diaconado permanente serão confiados a equipas coordenadas pelo padre João Paulo Domingues, ao passo que o Apostolado do Mar será reorganizado, com a nomeação de uma equipa coordenada pelo diácono Joaquim Simão, de Sines.
O arranque do novo ano pastoral será igualmente marcado pela saída do padre Joaquim Valente da comunidade de Almodôvar, além de estarem previstas mudanças nas direcções da Cáritas Diocesana e do Departamento de EMRC, e na equipa da Pastoral Juvenil.
O bispo de Beja anunciou ainda que vão deixar a diocese as Irmãs do Bom Pastor, em Colos, e que a comunidade das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição, em Moura, vai fechar depois de 80 anos de presença região.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima