Autarca de Aljustrel defende construção de variante rodoviária na vila

Autarca de Aljustrel defende construção de variante rodoviária na vila

O presidente da Câmara de Aljustrel defende a construção de uma variante rodoviária que circunde a vila, solução que é há muito ambicionada pela população local.
A posição foi assumida durante o encontro que Nelson Brito manteve na terça-feira, 7, com a direcção da Delegação de Beja da Estradas de Portugal (EP), com o autarca a argumentar que a nova variante iria melhorar “em muito a segurança rodoviária em Aljustrel”, que é colocada todos os dias “em causa pelo enorme volume de tráfego, principalmente de pesados, que cruza o centro da vila”.
Durante a reunião entre os responsáveis pela Câmara de Aljustrel e pela delegação da EP foram igualmente abordadas questões relacionadas com a avaliação das estradas que atravessam o concelho, nomeadamente a Estrada Regional (ER) 2 – Aljustrel/ Castro Verde, a Estrada Nacional (EN) 2 Aljustrel/ Beja, a EN 383, a ER 261, a EN 263 e a EN 18.
Fonte municipal revela ao “CA” que a sessão serviu também para ser discutida entre ambas as partes a requalificação da ponte sobre a ribeira do Roxo, ao quilómetro 611 da EN 2, assim como a situação da recentemente reabilitada ponte dos Louriçais, na ER 2, junto à aldeia do Carregueiro.
As obras necessárias na estrada de acesso à barragem do Roxo, perto de Ervidel (EN 2-8), e as intervenções previstas para o cruzamento de Jungeiros (com eliminação das falhas de segurança no local) e para os troços utilizados nas obras da rede secundária de Alqueva/ EDIA, que se encontram bastante danificados pelo grande fluxo de pesados que recorrem a estas vias situadas no concelho de Aljustrel, também estiveram sobre a mesa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima