Apanha da conquilha está interdita no Litoral Setúbal-Sines

Apanha da conquilha está

Parte da área costeira do Litoral Alentejano está entre as zonas onde a apanha de bivalves é proibida devido à presença de toxinas causadoras de intoxicação diarreica, anunciou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
O IPMA explica, em comunicado publicado na sua página na internet, que a proibição da apanha de bivalves para comercializar e para consumo se deve “à presença de fitoplâncton produtor de toxinas marinhas ou de níveis de toxinas ou de contaminação microbiológica acima dos valores regulamentares”.
No caso concreto do Litoral Alentejano, e segundo o instituto, foi imposta temporariamente a interdição da apanha da conquilha ao Litoral Setúbal-Sines.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima