António José Brito é o candidato do PS à Câmara de Castro Verde

António José Brito vai ser o candidato do PS à presidência da Câmara de Castro Verde nas eleições Autárquicas deste ano. A candidatura do atual autarca castrense foi anunciada nesta quarta-feira, 28, pela Concelhia de Castro Verde do PS, que assume a ambição de, nos próximos quatro anos, “continuar a desenvolver o concelho”.

Natural de Entradas, António José Brito tem 50 anos e foi jornalista durante quase 25 anos, tendo sido diretor do “CA, da Rádio Castrense e do “Diário do Alentejo” e “Correio Alentejo”, além de colaborador do “Diário de Notícias” e da Rádio Renascença.

Nas Autárquicas de 2017 liderou a “vitória histórica” do PS em Castro Verde, abrindo no concelho, segundo comunicado dos socialistas, “um ciclo de diálogo, cooperação, transparência e ambição”, que “pretende continuar até 2025”.

“A capacidade de trabalho do projeto do PS em Castro Verde está à vista”, acrescentam os socialistas, lembrando que, no atual mandato, “a Câmara Municipal desenvolveu, finalmente, projetos que há muito tempo estavam adiados, tendo concluídos, em curso ou prestes a iniciar-se investimentos acima de 10,5 milhões de euros”.

A par disto, continuam, “no âmbito dos diferentes acordos mantidos com todas as juntas de freguesia do concelho, foi definido um ‘envelope’ de cerca de 2,2 milhões de euros para fortalecer a sua ação nestes quatro anos”.

O PS de Castro Verde sublinha ainda que “foi com a liderança” de António José Brito na autarquia “que avançou e foi concluída a estrada de Santa Bárbara, que dá acesso a mina de Neves-Corvo e esperou 20 anos para ser requalificada”.

“O caminho foi difícil e trabalhoso, mas as provas estão à vista de todos! É com esta força e dinâmica que os eleitos do PS querem continuar a desenvolver o concelho de Castro Verde no próximo mandato. Com convicção e paixão, planeamento, bom trabalho de equipa, muita e verdadeira proximidade com todas as pessoas.”

Comunicado do PS de Castro Verde

Foi igualmente neste mandato “que a Rua Morais Sarmento teve obras históricas”, que “foi concretizado o investimento de meio milhão de euros no Pavilhão Desportivo”, que foi “construído o Centro de Artes e da Viola Campaniça”, que foram “melhoradas significativamente a rede de água em Castro Verde”, que foi “requalificada a Basílica Real e todos os parques infantis da vila”, acrescentam os socialistas.

O PS de Castro Verde destaca, em simultâneo, a criação de “importantes medidas sociais” durante este mandato, casos do “cartão do Bombeiro e da Cruz Vermelha, a Loja Social ou as ATL com horário completo em todas as férias escolares e para as crianças de todo concelho”.

“Com energia e determinação, foram acolhidas as competências na área da Educação, criado o ‘Orçamento Participativo’, dada força aos produtores locais nos mercadinhos quinzenais e no festival ‘Sabores do Borrego’”, reforça o comunicado do PS, recordando ainda que Castro Verde “já tem instalada fibra ótica, avançou a nova iluminação no campo nº 2 do Estádio 25 de abril e obras muito reivindicados como a Casa Mortuária de Entradas e a criação, finalmente, da Zona Empresarial de Castro Verde”.

“Para breve, depois de um caminho muito exigente, irão começar as obras de requalificação da Escola Secundária, num investimento próximo de 3,2 milhões de euros”, afiança o PS.

Segundo os socialistas, “tudo isto aconteceu num período afetado pela terrível pandemia Covid-19 e, ao mesmo tempo, tendo a Câmara de Castro Verde feito um percurso muito complicado, com um quadro financeiro muito difícil e sem receitas da Derrama”, na ordem de “2,4 milhões de euros desde 2017”.

“O caminho foi difícil e trabalhoso, mas as provas estão à vista de todos! É com esta força e dinâmica que os eleitos do PS querem continuar a desenvolver o concelho de Castro Verde no próximo mandato. Com convicção e paixão, planeamento, bom trabalho de equipa, muita e verdadeira proximidade com todas as pessoas”, conclui o comunicado do PS.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima