Almodôvar: BE contra privatização da água

Almodôvar: BE contra

O Núcleo do Bloco de Esquerda (BE) de Almodôvar contesta a gestão privada do abastecimento de água, sublinhando que a ameaça de falta de água no concelho acaba por ser o “prémio” para os almodovarenses.
Em comunicado, o BE de Almodôvar lembra que sempre se mostrou “relutante nos processos de privatização da água por entender que este, por ser um bem vital, deve ser garantido pelo Estado, protegido da especulação e interesses privados”.
Em Almodôvar, continua Bloco, “o primeiro passo da passagem deste bem vital para gestão privada deu-se em Agosto de 2009”. “Depois, em Setembro do mesmo ano, o segundo passo foi dado quando o executivo camarário, à data titulado pelo social-democrata António Sebastião, atribuiu à Águas Públicas do Alentejo (AgdA) a exploração e a gestão dos serviços públicos de abastecimento. O último passo foi dado em Janeiro de 2011, quando a AgdA finalmente deu início à sua actividade no nosso concelho”, acrescenta o BE.
“Com alguma pompa e circunstância, o presidente António Bota exibe as contas da água pagas e chama a si a honra de presidir o único Município com saldo zero neste ‘arranjinho no negócio da água’. Talvez a ameaça de falta de água seja o prémio para o esforço financeiro que os almodovarenses fazem quando pagam as suas contas”, concluem os bloquistas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima