Agricultores e Governo discutem gestão da rede secundária do Alqueva

Agricultores e Governo discutem

As associações de regantes do distrito de Beja reúnem esta sexta-feira, 1, com o secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Francisco Gomes da Silva.
Durante a reunião, que decorrerá em Ferreira do Alentejo, o governante e os dirigentes associativos vão analisar e debater a recente decisão do Governo de concessionar por sete anos a gestão da rede secundária do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva à EDIA.
No final da passada semana, a Secretaria de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural justificou a decisão do Governo com o facto da concessão da rede secundária do Alqueva à EDIA até 2020 garantir “um período de consolidação adequado, fundamental para a gestão da garantia das obras, a estabilização tendencial do tarifário e a percepção e optimização do funcionamento do empreendimento na sua plenitude, visando a sua efectiva contribuição e integração das diversas valências no desenvolvimento sustentado da região”.
Uma solução que foi desde logo criticada pelos agricultores e responsáveis associativos, a começar pelo presidente da Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA).
“Pensamos que isso não traz nada de bom, nem de positivo, para a agricultura”, disse na altura Manuel Castro e Brito.
Também a Distrital de Beja do PSD revelou, em comunicado emitido no início da semana, ter ficado apreensiva com a decisão do Governo, que não considerou “o contributo dos agricultores e das associações que os representam”.
Nesse sentido, os sociais-democratas de Beja defendem “a aplicação de um período transitório” na gestão da rede secundária do empreendimento pela EDIA, que permita a entrega da gestão dos blocos de rega aos agricultores “de forma progressiva”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima