ADP Mértola forma professores de Cabo Verde em linguagem gestual

ADP Mértola forma professores de

A Associação para Defesa do Património de Mértola (ADPM) está a desenvolver uma acção de formação em linguagem gestual com 23 professores em Porto Novo (Cabo Verde).
A iniciativa, que se prolongará até 10 de Maio, é uma parceria da instituição mertolense com o Ministério da Educação de Cabo Verde e é ministrado, via Skype, por técnicos da ADPM.
A formação, que conta também com a colaboração do Núcleo de Educação Inclusiva do Porto Novo, na ilha de Santo Antão, abrange 23 professores que lidam com crianças com necessidades educativas especiais.
A iniciativa consiste em três sessões semanais dirigidas, via Internet, aos 23 professores do ensino básico e secundário, além de gestores de pólos educacionais e, coordenadores do pré-escolar.
Porto Novo tem, desde Setembro de 2011, uma sala de aulas frequentada por 12 crianças com necessidades educativas especiais, que foram contempladas, em Janeiro último, com materiais didácticos e pedagógicos oferecidos pela ADPM.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima