ACT avalia situação laboral na Somincor

ACT avalia situação

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está “a analisar a situação de eventual assédio moral e pressão sobre os trabalhadores que aderiram à greve” na Somincor, concessionária da mina de Neves-Corvo (Castro Verde).
A informação é adiantada pelo PCP e surge na resposta enviada pelo ministro do Trabalho, Solidariedade Segurança Social, Vieira da Silva, à pergunta apresentada em Março pelos deputados comunistas João Dias e Rita Rato.
Na resposta, o Governo explica que a ACT realizou “uma intervenção inspectiva” na Somincor, “na qual apurou que, dos cinco trabalhadores com a categoria de encarregados-geral das lavarias, quatro viram as suas funções e horários de trabalho alterados por iniciativa do empregador”, o que teve implicações na sua “retribuição mensal”.
“A ACT está a analisar a situação de eventual assédio moral e pressão sobre ps trabalhadores que aderiram à greve, e adoptará os procedimentos inspectivos adequados face a irregularidades que venham a ser detectadas”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima