Academia de Alqueva cria pólo na Aldeia da Luz

Academia de Alqueva

A Academia das Plantas Aromáticas e Medicinais de Alqueva, sediada no Monte do Pardieiro (Messejana), criou um pólo numa exploração junto à Aldeia da Luz (Mourão).
Segundo a Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA), a exploração “Canteiro da Luz” é uma empresa produtora de plantas aromáticas e medicinais e, por se situar numa zona a norte do Monte do Pardieiro, vai complementar e permitir descentralizar a oferta da academia, nomeadamente a iniciativa “Dias Abertos”.
Os “Dias Abertos”, regularmente desenvolvidos em explorações, visam a divulgação e a sensibilização para a cultura alternativa de plantas aromáticas e medicinais, “estimulando e oferecendo opções para o aproveitamento de pequenas parcelas agrícolas”, explica a EDIA.
A academia, uma unidade de demonstração e divulgação de produção de plantas aromáticas e medicinais, foi criada pela EDIA, pelo Centro de Excelência e Valorização dos Recursos Mediterrânicos e pela empresa Monte do Pardieiro para dinamizar a agricultura de regadio associada à pequena propriedade e apoiar projectos instalados ou a instalar neste sector.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima