Viola campaniça “mostra-se” na Assembleia da República

Viola campaniça “mostra-se”

Os alunos da Escola de Violas Campaniças de Castro Verde deslocam-se esta quarta-feira, 22, à Assembleia da República a convite do deputado do PSD eleito por Beja.
A iniciativa surge na sequência da passagem de Mário Simões por Castro Verde no início de Fevereiro, durante o roteiro “14 Semanas, 14 Concelhos”, sendo os jovens tocadores recebidos a partir das 10h30 pelos deputados que integram a Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura.
Depois, às 11h15, protagonizarão um pequeno espectáculo nos claustros da Assembleia da República.
A Escola de Violas Campaniças de Castro Verde resulta de um projecto educativo que tem sido desenvolvido em parceria pelo Agrupamento de Escolas de Castro Verde, Câmara de Castro Verde e Cortiçol, sendo dinamizado pelos professores José Abreu e Arlindo Costa e pelo tocador David Pereira.
No âmbito do projecto, os jovens constroem as suas próprias violas campaniças e aprendem a tocar e cantar modas alentejanas, trabalhando em prol da preservação de um instrumento musical característico da região do Campo Branco e do próprio cante alentejano.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima