Vereadores PS em Beja acusam CDU de querer extinguir EMAS

Vereadores PS em Beja acusam

Os vereadores do PS na Câmara de Beja acusam o executivo da CDU de estar a tentar o “desmantelamento” da EMAS, no sentido de conduzir a empresa municipal à extinção.
Em comunicado, os eleitos socialistas argumentam que “ciclicamente, em momentos previamente determinados”, o actual executivo da autarquia lança “deliberadamente na opinião pública informação falsa relativamente à real situação financeira” da EMAS – Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja.
De acordo com os vereadores do PS, são vários os exemplos desta situação.
“A bandeira de uma suposta dívida foi agitada desde o primeiro dia, mas não impediu que o seu dinheiro fosse afinal descaradamente gasto para pagar, entre outras, a festa da última passagem de ano”, notam em tom crítico os socialistas.
Os vereadores do PS lembram igualmente o caso da suposta dívida vencida da EMAS à Águas Públicas do Alentejo (AgdA), depois negada pela própria empresa, ou da alegada existência de pagamentos em atraso a fornecedores em Setembro de 2013, que não passaram, dizem, de “afirmações completamente falsas e facilmente verificável por documentos públicos e oficiais”.
“Como senão bastasse, a actual administração [da EMAS] suspendeu por completo todas as intervenções programadas e algumas já em curso, ao mesmo tempo que deixou acumular, sem razão ou explicação plausível, a dívida exactamente à ÁgdA, a quem agora acena com a venda de edifícios anteriormente adquiridos e que reforçaram os activos da empresa”, acrescentam os eleitos do PS, que acusam ainda a Câmara e o executivo liderado por João Rocha de estar a tentar “obrigar” a EMAS a assumir as responsabilidades da autarquia “na liquidação de uma tranche do capital social na parceria pública com a AgdA”.
Para os vereadores, “a gravidade destas declarações vão para além do mero ataque político e enquadram-se numa tentativa organizada de desmantelamento da empresa para a conduzir à sua extinção e apropriação das suas receitas”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima