Vereadores do PS em Beja acusam CDU de não cumprir promessas

Vereadores do PS em Beja acusam

Os vereadores do PS eleitos na Câmara de Beja criticam o executivo da CDU por este não ter realizado em 2014 obras prometidas no valor de sete milhões de euros.
Em declarações ao “CA”, o vereador Jorge Pulido Valente explica que numa das últimas sessões de Câmara os eleitos socialistas “foram confrontados com uma proposta de alteração orçamental que representava a anulação, de uma assentada, de intervenções municipais prometidas para 2014, na ordem dos sete milhões de euros”.
Entre estas, destaque para a reparação e pavimentação de estradas e caminhos municipais, apoio social nas refeições escolares, a criação do Centro de Monitorização Ambiental, a requalificação dos bairros sociais, o Centro de Artes e Arqueologia ou a intervenção de requalificação no castelo e nas muralhas de Beja.
A retirada destas intervenções mereceu o voto contra dos vereadores do PS, que através de Pulido Valente acusam o actual executivo da CDU de continuar a demonstrar “a sua incompetência e incapacidade para cumprir as promessas feitas”, contestando igualmente a sua “demagogia e desonestidade política ao apresentar planos de actividades e orçamentos que não são minimamente concretizáveis”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima