Vale do Guadiana não necessita de alargamento

Vale do Guadiana não

O director do Departamento do Alentejo do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas não considera ser necessário alargar o Parque do Vale do Guadiana.
A proposta foi defendida recentemente pela associação ambientalista Quercus, mas para Pedro Rocha tal não é necessário de momento.
De acordo com este responsável, o Parque Natural do Vale do Guadiana já tem uma dimensão bastante aceitável, uma vez que abrange cerca de 70 mil hectares de terreno entre os concelhos de Mértola e de Serpa e perto de 45 quilómetros de rio Guadiana.
“E além dos 70 mil hectares de parque, temos toda a área de Rede Natura – que é das maiores do país – entre o sítio do Guadiana, o PNVG, a Zona de Protecção Especial (ZPE) do Guadiana, a ZPE de Castro Verde, a ZPE de Moura/ Mourão/ Barrancos… São tudo áreas muito próximas e interligadas, o que faz com que estejamos a falar de provavelmente perto de 300 mil hectares. É muita área classificada”, argumenta.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima