UÉvora e IPPortalegre partilham professores

UÉvora e IPPortalegre

O Instituto Politécnico de Portalegre (IPP) e a Universidade de Évora (UÉ) assinaram um protocolo para a partilha de recursos, permitindo aos docentes de ambas as instituições exercer funções nos dois estabelecimentos de ensino.
"A partir do actual ano lectivo, "nós vamos ter professores do IPP a dar aulas na UÉ e professores da UÉ a dar aulas no IPP”, explica à Agência Lusa o presidente do Politécnico, Joaquim Mourato.
“Isto significa que, tendo nós os recursos, não faz sentido cada instituição ir recrutar outros professores lá fora. Numa questão de economia, vamos fazer a boa utilização dos recursos disponíveis e partilha-los”, acrescenta.
Para o presidente do IPP, a parceria constitui uma “mais-valia” para ambas as instituições, numa altura de crise, uma vez que apresenta "custos reduzidos".
“Esta parceria é uma mais-valia para o IPP. Temos a possibilidade de ter recursos devidamente qualificados, a custos mais reduzidos, e preenchemos a actividade dos nossos docentes, acontecendo o mesmo do lado da UÉ”, diz.
O protocolo prevê ainda o “cruzamento de experiências académicas” com o objectivo de “dar mais qualidade” ao ensino, bem como para uma “melhor” formação dos docentes.
Segundo Joaquim Mourato, o IPP tem desenvolvido, ao longo dos anos, várias parcerias com a UÉ, a última das quais vai entrar em execução esta semana, uma pós graduação sobre património histórico, envolvendo também a Universidade da Extremadura (Espanha) e a Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa.
“Depois temos também uma parceria no âmbito do Sistema Regional de Transferência e Tecnologia da Região Alentejo, entre outras”, indica.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima