Tradição dos banhos de São Romão "regressa" à Costa de Santo André

Tradição dos banhos de São Romão

A tradicional ida à praia da população que residia nas freguesias rurais e montes de Santiago do Cacém vai ser recriada na praia da Costa de Santo André, na Festa de São Romão, entre esta sexta-feira e domingo, dias 8 a 10.
Um dos pontos altos dos festejos acontece no segundo dia, no sábado, 9, com a recriação dos “Banhos de São Romão”, explica a Câmara de Santiago do Cacém.
Esta ‘viagem ao passado’, que recorda a tradição da ida à praia pela população que residia nas freguesias rurais e nos montes do concelho, vai envolver elementos do Rancho Folclórico da Queimada, seguindo-se um almoço partilhado, tal como “acontecia no século passado”.
Ao longo dos três dias de festa, no estacionamento da praia da Costa de Santo André, os participantes nos festejos e os veraneantes vão poder também visitar uma exposição e venda de artesanato, frutas, vinhos e doçarias regionais.
Várias actividades de animação cultural, actuações musicais e bailes, aulas de zumba e rastreios de saúde estão igualmente programados.
A Festa de São Romão é organizada pela Junta de Freguesia de Santo André, com o apoio do Município.
Os tradicionais “Banhos de S. Romão”, durante décadas, levaram até à Costa de Santo André multidões vindas das zonas rurais, mas caíram em desuso e hoje só ‘sobrevivem’ graças a esta recriação.
Segundo a crença, os nove mergulhos dados no mar no dia 9 de Agosto serviam para purificar para o ano inteiro.
A tradição, que esteve ‘parada’ durante várias décadas, foi retomada no ano 2000 por uma associação local, que recriou os banhos, mas foi logo novamente esquecida.
Em 2007, é que a Junta de Freguesia decidiu reeditar o uso que as populações vindas da Murtosa (Aveiro) trouxeram para a Costa de Santo André e que tiveram o seu auge no período de 1928 a 1955.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima