Tecnologia inovadora no Lar Jacinto Faleiro

Tecnologia inovadora

Uma tecnologia inovadora para idosos e familiares, que ajuda a ultrapassar os desafios da melhor idade através de plataformas interactivas de fácil utilização: é assim o programa “SiosLife”, recentemente instalado nos dois pólos do Lar Jacinto Faleiro, em Castro Verde.
“É um projecto inovador e chegámos à conclusão que era uma mais-valia para as nossas actividades, por isso avançámos”, afirma ao “CA” António Elias, tesoureiro do Lar Jacinto Faleiro, que agradece o apoio da Somincor, empresa concessionária da mina de Neves-Corvo, na aquisição do programa. “Foi um gesto que nos deixou muito sensibilizados e é uma mais-valia para os nossos utentes”, diz.
Instalado desde Setembro nos dois pólos de apoio à Terceira Idade da instituição, o SiosLife não é mais que um computador adaptado que permite a estimulação cognitiva e até física dos idosos, através de uma série de actividades e jogos lúdicos.
“É um computador muito simplificado e até para quem não sabe ler consegue utilizar este computador de uma forma completamente autónoma”, afiança Diogo Caixeirinho, animador sócio-cultural no Lar Jacinto Faleiro. “É um computador com écran táctil, que funciona por cores e tem um conjunto de jogos lúdicos, que permitem ao utente ter uma estimulação cognitiva excelente e até física”, acrescenta este responsável, reconhecendo que a adesão dos idosos ao SiosLife “tem superado” as expectativas.
Para Diogo Caixeirinho, este programa tem ainda outra mais-valia igualmente importante para o bem-estar dos idosos: o facto de permitir a comunicação destes com os seus familiares que se encontram fora de Castro Verde, através de vídeo-chamadas. “No contexto de Castro Verde temos muitos utentes que têm familiares no estrangeiro. E este programa vai combate a solidão, porque a distância deixa de ser um problema. É muito bom”, observa com satisfação.
“É importante esta estimulação e depois [o SiosLife] tem essa mais-valia de permitir o contacto do utente que está aqui institucionalizado com familiares em qualquer parte do mundo”, acrescenta por seu lado António Elias.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima