Taxista de Mértola foi vítima em Paris

Taxista de Mértola

Um homem de 63 anos natural do concelho de Mértola é uma das duas vítimas mortais portuguesas no atentado terrorista da passada sexta-feira, 13, na cidade de Paris.
Manuel Colaço Dias era natural da freguesia da Corte do Pinto e estava emigrado em França há mais de 30.
Casado com uma francesa e pai de dois filhos, um rapaz com 28 anos e uma rapariga com 30, era taxista e foi precisamente ao volante do seu táxi que Manuel Colaço acabou por falecer, depois de ter transportado três pessoas ao Stade de France, onde jogaram as seleções de França e Alemanha.
"Foi encontrada a carrinha que conduzia e só bastante mais tarde, de manhã, é que conseguimos confirmar a identidade", explicou o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, em declarações à imprensa.
Também o presidente da Câmara de Mértola já veio a público lamentar o "momento muito triste" pela perda de um "filho da terra".
“Para nós, é um momento muito triste, é uma hora triste e não quero deixar de expressar os meus sentimentos a toda a família e amigos, assim como às restantes famílias que tiveram vítimas nestes atentados”, disse Jorge Rosa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima