TAP poderá alugar espaços no aeroporto de Beja para estacionar aviões

TAP poderá alugar espaços no aeroporto de Beja para estacionar aviões

A TAP poderá alugar espaços no aeroporto de Beja para estacionar aviões antes de serem alvo de intervenções de manutenção ou preservação e quando não existir espaço disponível no complexo industrial da empresa em Lisboa.
O aluguer dos espaços pela Unidade de Manutenção e Engenharia da TAP está previsto num acordo já assinado entre a transportadora aérea nacional e a ANA – Aeroportos de Portugal, disse à agência Lusa fonte da TAP.
Os espaços serão usados quando a Unidade de Manutenção e Engenharia da TAP encaminhar para o aeroporto de Beja aviões cujo contrato preveja um tempo de estacionamento das aeronaves no período que antecede as intervenções, que serão realizadas nas instalações da empresa em Lisboa, explicou.
O estacionamento dos aviões no aeroporto de Beja "acontecerá sempre que não haja espaço disponível no complexo industrial da TAP na sua base operacional" em Lisboa, disse a fonte.
Segundo a fonte, os espaços irão "funcionar como áreas de apoio nas acções de manutenção de linha", ou seja, "similares às que são efectuadas em escala, à chegada e antes da partida dos voos", e nos trabalhos de preservação, "necessários sempre que uma aeronave esteja sujeita a uma imobilização prolongada".
O transporte de passageiros e carga e a indústria aeronáutica são as valências apontadas para o aeroporto de Beja, que resulta do aproveitamento civil da Base Aérea n.º 11.
Desde que começou a operar, a 13 de Abril, e até ao final do passado mês de outubro, o aeroporto de Beja teve 1923 passageiros, distribuídos pelo voo inaugural Beja/Cabo Verde, pelas operações Beja/Londres e Beja/Estugarda e por voos privados.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima