Suspeito de “acto sexual de relevo” com menor em Beja com Termo de Identidade e Residência

Suspeito de “acto sexual de relevo” com menor em Beja com Termo de Identidade e Residência

O homem, de 59 anos, suspeito de ter consumado "um acto sexual de relevo" com um menor, de 14 anos, em Beja, saiu em liberdade sob Termo de Identidade e Residência (TIR), revelou fonte policial.
O arguido, que terá consumado o acto no interior das casas de banho de um hipermercado da cidade, foi detido na segunda-feira, 27, após ser entregue sob detenção à Polícia pelos seguranças da superfície comercial, segundo a PSP.
A Polícia refere que, presumivelmente, o menor "não foi coagido" pelo detido a consumar o acto sexual, "tendo havido, supostamente, uma conivência" por parte do adolescente.
A investigação do processo está a cargo da Polícia Judiciária.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima