STIM espera intervenção do Governo para garantir produção nas minas de Aljustrel

STIM espera intervenção do Governo para garantir produção nas minas de Aljustrel

O sindicato dos mineiros exigiu esta quinta-feira uma maior intervenção do Governo junto da empresa concessionária das minas de Aljustrel para garantir a produção “em pleno” no complexo, que aproveite os “bons preços” do minério nos mercados internacionais.
“O Governo tem que ser mais interventivo e deve pôr esta empresa [a Almina] a produzir, a criar emprego e a exportar, que é o que o país precisa”, reivindicou Jacinto Anacleto, do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM).
O sindicalista falava à Agência Lusa depois de uma delegação do STIM se deslocar ao Ministério da Economia, em Lisboa, onde reuniu com um “assessor do gabinete do ministro ou do secretário de Estado”.
Há menos de duas semanas, o STIM manteve também reuniões com representantes do gabinete do primeiro-ministro e dos grupos parlamentares do PSD, BE e PCP.
“As nossas preocupações mantêm-se. O Governo diz estar atento ao que se passa na mina e garante que a exploração mineira é para ir em frente, mas depois não responde em concreto às nossas perguntas”, criticou Jacinto Anacleto, lembrando as “responsabilidades acrescidas” do Governo nesta área, já que “o subsolo português e a sua riqueza são do Estado”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima