STI contra fecho de serviços de Finanças no Baixo Alentejo

STI contra fecho de serviços

O Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI) teme que o Governo venha a fechar em breve 10 das 14 repartições de Finanças que existem na região do Baixo Alentejo.
Em nota de imprensa, a Direcção Distrital de Beja do STI adianta ter “informações consistentes” da fusão e encerramento de serviços e direcções de Finanças “muito em breve”, temendo que o distrito de Beja, “tal como todos os distritos do interior de Portugal”, seja, “previsivelmente, um dos mais afectados”.
De acordo com as contas do STI, “das 14 repartições existentes actualmente (uma em cada concelho) fala-se que apenas ficarão quatro, e até a própria Direção de Finanças de Beja poderá ser extinta”.
“Esta é mais uma violenta ‘machadada’ no direito a serviços públicos de qualidade, que assiste a todos os cidadãos, contribuindo inegavelmente para a desertificação do interior do país”, vinca o STI, que irá solicitar esclarecimentos “com carácter de urgência” ao Director Geral da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima