Sonoridades e sabores “servidos” em Odemira

Sonoridades e sabores

A música tradicional e a gastronomia vão estar em destaque em Novembro e Dezembro no interior do concelho de Odemira, com mais uma edição do “Sonoridades & Sabores”.
Promovido pela Câmara de Odemira e pela Associação para o Desenvolvimento de Amoreiras-Gare com o apoio das juntas de freguesia, trata-se de um roteiro que dará a provar os melhores petiscos da região e a ouvir o canto ao baldão, a viola campaniça ou poetas populares.
O “Sonoridades & Sabores” deste ano arranca no dia 16 de Novembro (sábado) no Café Seara, em Monte da Estrada (freguesia de Relíquias), e prossegue no dia 30 no Café Fonte Nova, em São Martinho das Amoreiras.
Dia 14 de Dezembro será a vez do Café Flor da Serra, em Ribeira do Ruivo (freguesia de São Teotónio), e no dia 28 de Dezembro o Café Ângelo, na aldeia de Cortes Pereiras (freguesia de Santa Clara-a-Velha).
Fonte municipal adianta ao “CA” que nos quatro dias do roteiro a música “encherá os espaços” a partir das 15h30, com o canto ao baldão acompanhado pela viola campaniça.
E a partir das 18h30 haverá música pela noite fora com as actuações de Maria do Alto Mira, dos grupos “Musical Amoreirense” e “Atar e Pôr ao Fumeiro”, além de poetas populares e acordeonistas.
A “acompanhar”, os participantes poderão deliciar-se com “pitéus” como ensopado de borrego, cozido de couve, cozido de grão, feijoada à alentejana, galinha à moda do campo, leitão grelhado no cravão, javali estufado, salada de orelha, carne de porco frita, sem esquecer os enchidos, queijos, torresmos, o vinho e o pão da região.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima