Sindicato reclama salários em dívida em metalomecânicas de Sines

Sindicato reclama salários em

O Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Sul (Site Sul) reclama o pagamento dos salários e dos subsídios em dívida aos trabalhadores da Compelmada e da Metalsines, sediadas em Sines.
Em comunicado enviado à Agência Lusa, a direcção da estrutura sindical indica que as duas empresas, pertencentes ao Grupo FTM, de Francisco Tavares Machado, devem aos funcionários o subsídio de Natal de 2012, parte do subsídio de férias de 2013 e os salários desde Novembro do ano passado.
"Vários trabalhadores acabaram por comunicar a suspensão do contrato individual de trabalho e outros terão de o fazer muito em breve", por já não terem "condições mínimas de sobrevivência", indica o sindicato.
Segundo o Site Sul, os trabalhadores vivem "numa situação de imensas dificuldades, muitas vezes com apenas uma refeição diária".
A "defesa das empresas" e a "garantia dos postos de trabalho", bem como o pagamento das indemnizações fixadas por decisão judicial a trabalhadores "ilegalmente despedidos", são outras reivindicações referidas no documento do sindicato.
A Lusa tentou ouvir o director-geral das duas empresas, João Pedro Machado, mas não foi possível, apesar de várias tentativas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima