Secretária de Estado elogia novo CAO dos Grandaços

Secretária de Estado elogia

A secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, teceu rasgado elogios ao novo Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) da Cercicoa na aldeia de Grandaços, no concelho de Ourique, inaugurado na passada sexta-feira, 31.
“Estes equipamentos trazem sempre dinamização social às zonas onde são implementados. Isso é visível aqui, não só porque se cria uma resposta social para o público-alvo que dela precisa, mas também porque se cria emprego, se cria inclusão na própria comunidade e é possível ter as pessoas num regime de ocupação em etreito contacto com a comunidade e a viverem integrados nessa mesma comunidade”, sublinhou Ana Sofia Antunes no final da cerimónia de inauguração.
A governante aplaudiu ainda a parceria entre a Cercicoa e a Câmara de Ourique que permitiu a abertura do novo CAO. “Juntos conseguimos fazer muito mais coisas que separados”, disse.
Por seu lado, o presidente da Câmara de Ourique frisou no seu discurso que o novo CAO dos Grandaços “é a prova de que precisamos de continuar a concretizar respostas para quem só tem perguntas, tranquilidade e confiança para quem tem muitas inquietações e oportunidades pessoais, profissionais e comunitárias”.
“Grandaços e Ourique estão agora, ainda mais, na rota da esperança e da inclusão. Respondemos às pessoas e às famílias. Reaproveitámos um equipamento que agora fica ao dispor da comunidade”, acrescentou Marcelo Guerreiro, deixando a garantia que o Município de Ourique, “no quadro das suas disponbilidades financeiras”, vai “continuar a trabalhar para manter o quadro de apoios sociais que disponibiliza às crianças, aos jovens, às famílias e as cidadãos com maior experiência de vida”.
Já o presidente da Cercicoa destacou o facto de o novo CAO pretender “contribuir para a promoção da inclusão social de grupos desfavorecidos e privados de condições de igualdade de oportunidades”.
“Visa, simultaneamente, contribuir, através da sua localização em aglomerado urbano em meio rural, para o combate à pobreza e à discriminação, através da implmentação de uma resposta social geradora de emprego e resposta efectiva para as necessidades específicas de um conjunto de famílias da região”, acrescentou António Matias.
Recorde-se que o novo CAO dos Grandaços resulta da adaptação do Centro de Convívio de Grandaços, cedido pela autarquia ouriquense à Cercicoa, num investimento de 64 mil euros financiado em 85% pela União Europeia. O equipamento tem capacidade para acolher até 10 pessoas com deficiência grave e profunda.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima