Saúde no concelho de Odemira preocupa deputados do PS

Saúde no concelho de Odemira

Os dois deputados do PS eleitos por Beja questionaram a ministra da Saúde sobre as carências na área da Saúde verificadas no concelho de Odemira e sobre a escassez de profissionais de saúde e de equipamentos no Hospital do Litoral Alentejano.
Na pergunta dirigida à ministra Marta Temido, Pedro do Carmo e Telma Guerreiro recordam que Odemira “tem visto a sua população crescer por via dos migrantes que procuram este concelho para trabalhar/ viver”, sendo “notório, em todos os serviços públicos, este aumento de fluxo de atendimentos e, na saúde, não é excepção”.
“Embora esta situação seja recente, não é recente o facto de Odemira ter sempre um défice de médicos de família e de enfermeiros/as”, afirmam os eleitos do PS, apontando que “também os equipamentos disponíveis no Serviço de Urgência Básico (SUB) de Odemira estão muito aquém de outras unidades idênticas, no resto do pais, tendo em conta a distância que fica dos hospitais de referência”.
Nesse sentido, os socialistas consideram que seria “expectável um cuidado maior e uma maior capacidade de resposta de proximidade, evitando, deste modo, deslocações desnecessárias”.
Pedro do Carmo e Telma Guerreiro recordam ainda que “na freguesia mais populosa do concelho, São Teotónio, a comunidade e a Junta de Freguesia estão a manifestar o seu total desagrado através de manifestações à porta do Centro de Saúde e com tomadas de posição de indignação, exigindo “que as entidades responsáveis tomem medidas imediatas, de forma a dar cuidados de saúde dignos e efectivos à população”.
“Esta é uma preocupação real, num concelho como o de Odemira, que não quer e não pode ficar esquecido, e que tem aceitado de forma muito resiliente a sua condição, mas com a perspectiva de que a Saúde, a nível nacional, vá dando passos significativos de melhoria através deste novo Orçamento de Estado, e da clara priorização do Governo para estas matérias”, sublinham Pedro do Carmo e Telma Guerreiro.
Tudo isto leva os dois deputados do PS a solicitar à ministra da Saúde que disponibilize um conjunto de dados estatísticos em matéria de saúde no Concelho de Odemira, nomeadamente, “quantos utentes estão registados no concelho e em cada freguesia”, “quantos têm médico de família e/ ou enfermeiro de saúde”, bem como “quantos profissionais estão afectos a esta unidade e respetivas extensões de saúde”.
Pedro do Carmo e Telma Guerreiro querem também saber “que medidas pretende o Governo adoptar para resolver” o problema “da falta de profissionais de saúde (médicos e enfermeiros), no concelho de Odemira”, bem como se “tem conhecimento das necessidades de equipamentos na SUB de Odemira” e como prevê “equipar esta unidade e colmatar as necessidades verificadas”.
Os parlamentares querem ainda saber se “estão previstas algumas obras de melhoria de espaços de saúde no concelho de Odemira”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima