Rodoviária do Alentejo assume provisoriamente os transportes urbanos de Beja

Rodoviária do Alentejo assume provisoriamente os transportes urbanos de Beja

A rede urbana de transportes públicos de Beja vai ser explorada provisoriamente, a partir de Novembro, pela Rodoviária do Alentejo, após a actual concessionária ter pedido a rescisão amigável do contrato devido a alegadas dívidas do Município.
A Câmara de Beja, em reunião extraordinária realizada esta quarta-feira, 27, decidiu aceitar a rescisão amigável do contrato de concessão da rede pedida pela concessionária, a Turitaléfe, "invocando que não tem condições financeiras para continuar a prestar o serviço", disse à Lusa o autarca Jorge Pulido Valente.
Segundo o edil, devido à rescisão do contrato, a Câmara vai lançar um concurso público internacional para adjudicar a concessão da rede a outra empresa, um processo que deverá durar "seis a oito meses".
Para assegurar o funcionamento da rede até ao fim do concurso, a Câmara decidiu adjudicar, provisoriamente e por ajuste directo, o serviço à Rodoviária do Alentejo, que perdeu para a Turitaléfe o serviço que tinha explorado durante mais de duas décadas.
A Rodoviária do Alentejo vai assim prestar o serviço a partir de 2 de Novembro e até que a concessão da rede seja adjudicada à empresa que ganhar o concurso.
Acrescentou Pulido Valente que a Câmara decidiu não aceitar a proposta que a Turitaléfe, a convite da autarquia, apresentou para assegurar o funcionamento da rede até à conclusão do concurso, porque "exigia" condições "inaceitáveis e não reconhecidas" pelo Município e que estão relacionadas com "compensações por serviços prestados e reparações de viaturas" da frota do Município afecta à rede.
Por isso, disse, a Câmara pediu à Rodoviária do Alentejo uma proposta para assegurar o serviço até à conclusão do concurso e que o executivo aceitou, já que "não implica aumento dos custos para o Município e representa uma melhoria do serviço".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima