Reclusas vão trabalhar nas ruas de Odemira

Reclusas vão trabalhar

As reclusas do Estabelecimento Prisional de Odemira colocadas em regime aberto vão começar a fazer trabalhos de limpeza urbana e manutenção geral em espaços públicos da vila.
Para tal, a Câmara de Odemira e a Direcção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, ligada ao Ministério da Justiça, assinaram esta segunda-feira, 6, um protocolo de parceria, válido por um ano, tendo em vista o desenvolvimento de acções destinadas a capacitar profissionalmente estas reclusas.
Fonte municipal adianta ao “CA” que a prestação de trabalho terá lugar nas instalações ou espaços de via pública na área do concelho de Odemira, de segunda-feira a sexta-feira, “devendo ser cumpridos, por parte das reclusas, os deveres de assiduidade e pontualidade nos diversos locais de desenvolvimento das tarefas”.
De acordo com a mesma fonte, o director geral de Reinserção e Serviços Prisionais será o responsável “pela afectação das reclusas que reúnam condições para a colocação em regime aberto com competências para o desenvolvimento das actividades a que se destina o presente protocolo, sendo as reclusas remuneradas pelo trabalho desenvolvido”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima