Quercus e Ecodepur "oferecem" ETAR à Câmara de Almodôvar

Quercus e Ecodepur "oferecem"

A Câmara de Almodôvar venceu um concurso da Quercus e da Ecodepur e vai receber uma ETAR compacta para tratar os efluentes de Santa Cruz, que estão a poluir o rio Vascão.
Segundo a Quercus, na decisão do júri "pesou" o "impacto positivo" que a instalação da ETAR vai ter na conservação do saramugo, um pequeno peixe de água doce protegido, mas ameaçado de extinção, no Vale do Guadiana, uma área classificada como Sítio de Importância Comunitária da Rede Natura 2000 e como Sítio RAMSAR (zona húmida com interesse internacional).
O saramugo é particularmente sensível à poluição, a qual, em conjunto com outras ameaças, pode levar à extinção da espécie, que só existe em Portugal, na bacia hidrográfica do rio Guadiana, e em Espanha, numa sub-bacia do rio Guadalquivir.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima