PSP de Évora utiliza edifício do Governo Civil

PSP de Évora utiliza

O Comando Distrital de Évora da PSP já está a utilizar parte do edifício do antigo Governo Civil e, no futuro, vai ocupar todo o imóvel, revela fonte do Ministério da Administração Interna (MAI).
A fonte do MAI adianta à Agência Lusa que a Polícia de Évora começou a utilizar, para já, o rés-do-chão do edifício, mas “futuramente” todo o imóvel “será ocupado por esta força de segurança”, à excepção do gabinete do governador civil e do salão nobre.
Estes espaços, refere a fonte, destinam-se “a eventos institucionais de entidades do Estado”.
A secção de investigação criminal da PSP de Évora, actualmente a ocupar instalações “arrendadas e em mau estado de conservação”, também vai passar para o edifício do antigo Governo Civil, acrescenta a mesma fonte.
De acordo com a fonte do MAI, estão a decorrer obras no edifício, cuja conclusão se prevê para o final deste mês ou no princípio de Dezembro.
As actuais instalações da PSP de Évora situam-se num edifício contíguo ao do antigo Governo Civil, no centro histórico, junto ao Templo Romano.
O anterior Governo socialista chegou a anunciar que o Comando de Polícia de Évora iria ser transferido para um novo edifício, situado na circular e junto a uma das rotundas de entrada na cidade, na zona extramuros, mas a mudança não se concretizou.
A extinção dos governos civis e a transferência das suas competências para outras entidades públicas foram aprovadas pelo Governo a 8 de Setembro de 2011.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima