PSD de Beja acusa Pita Ameixa de ser “mitómano da política”

PSD de Beja acusa Pita Ameixa de ser “mitómano da política”

A Distrital de Beja do PSD acusa o deputado do PS eleito por Beja de ser “um dos responsáveis político e moral” pelas dificuldades financeiras do país, lembrando que “quem tem telhados de vidro não deve atirar pedradas”.
“Basta de mentiras deputado Ameixa ou ficará para sempre conhecido como o ‘mitómano da politica’”, afirmam os sociais-democratas em comunicado enviado esta quarta-feira, 1, para a redacção do “CA”, na sequência do balanço do ano legislativo apresentado um dia antes por Luís Pita Ameixa em Beja.
Na ocasião, o eleito socialista acusou o Governo PSD/CDS-PP de fazer uma "sanha persecutória contra Beja e o Baixo Alentejo", através de "fortes campanhas" para "denegrir" projectos de desenvolvimento regional, como Alqueva, aeroporto de Beja e A26.
Na resposta, o PSD bejense acusa Ameixa de insistir “na linguagem incendiária” e levanta uma questão: “Faz sentido no combate político usar de uma forma tão rasteira argumentos deste teor?”
Sublinhando que as intervenções de Pita Ameixa “primam sempre por serem uma grande seca e repletas de vacuidade”, a Distrital de Beja do PSD refere que no caso concreto do Alqueva, a região gostaria de saber do “empenhamento” do socialista “na defesa dos interesses da região que o elegeu”.
“Com a ‘autoridade’ de que se julga possuído para discutir o grande projecto hidroagrícola, nunca o ouvimos balbuciar que fosse uma palavra crítica sobre o negócio que retirou da EDIA a exploração da componente energética que foi entregue à EDP com evidentes e prolongados (no tempo) prejuízos para os agricultores e a região”, acrescenta o comunicado laranja, sublinhando que foi o executivo do último Governo de José Sócrates que resolveu “adiar para uma data não definida a conclusão do projecto”.
“O deputado Pita Ameixa sabe o que alguns (poucos) sabem sobre o adiamento da conclusão de Alqueva. Este já estava decidido pelo ex-ministro da Agricultura António Serrano. Não brinque com coisas sérias. Exige-se decoro”, vinca o documento.
Sobre o aeroporto de Beja, o PSD lembra que, por exemplo, nunca se viu Ameixa insurgir “contra a ida da Embraer para Évora” ou “mover influências para que as oficinas de manutenção da TAP viessem para Beja”.
“Ou seja, as situações mais diversas que poderiam garantir mais-valia económica e social para a região que o elegeu durante quase uma década, passaram por debaixo do seu nariz mas nem espirrou. Preferiu assobiar para o lado”, reforça o PSD.
Finalmente, sobre a A26/ IP8, a Distrital de Beja do PSD considera ser “tempo de esclarecer a dimensão da barbaridade económica” que representaria a sua construção “tal como estava configurado”.
De acordo com os sociais-democratas, o Estado “está a renegociar o contrato” com a subconcessionária da obra “por incumprimento desta e não por falta de financiamento do Governo”, lamentando a “brutal armadilha” que foi o modelo de acessibilidade rodoviária pensado pelo anterior Governo para o Baixo Alentejo que Sócrates “deixou ao país com o aplauso e a anuência submissa do deputado Pita Ameixa”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima