PS pede investigação à gestão CDU em Beja

PS pede investigação

O PS solicitou uma investigação à acção do executivo CDU na Câmara de Beja, que é liderado por João Rocha, junto das entidades tutelares, reguladoras e de supervisão.
A iniciativa parte dos vereadores do PS na Câmara e dos eleitos socialistas na Assembleia Municipal, que em comunicado justificam o pedido com o facto de ser “recorrente” por parte do executivo em funções na autarquia e na Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja “o recurso a práticas de gestão que, no mínimo, colidem com a necessidade de uma política clara e transparente, assente na adopção de boas práticas na aplicação dos dinheiros públicos”.
“Os destinos do concelho e da região dependem fortemente da gestão municipal que, independentemente das legítimas prioridades e opções estratégicas ou políticas, devidamente avaliadas nas urnas, não podem, em tempo algum, deixar de recorrer a práticas de gestão correctas, claras e transparentes”, argumenta o PS.
Os socialistas recordam que os seus vereadores na Câmara e os seus eleitos na Assembleia Municipal de Beja já levaram estes assuntos “às diversas reuniões dos respectivos órgãos”, sem nunca ter sido possível “obter respostas ou justificações razoáveis para estas práticas”.
Além do mais, acrescentam, “também em matéria de respeito pela actuação estrita dentro do seu quadro de actividade, existem, na nossa opinião, opções de gestão que são danosas para o interesse público, em função da má utilização de receitas”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima