PS Odemira revela mais “pecados” do Governo

PS Odemira revela mais

A Justiça e o Ordenamento são mais dois dos sete “pecados capitais” de que a Concelhia de Odemira do PS acusa o Governo PSD/ CDS-PP de ter cometido no concelho.
No caso da Justiça, os socialistas criticam o novo mapa judiciário, que, argumentam, “acentuou ainda mais a retirada ao Tribunal de Odemira de diversas competências, obrigando à deslocação a Beja dos interessados, das testemunhas e dos advogados em processos de média e maior complexidade”.
“A distância, inexistência de transportes públicos compatíveis, a repetição de deslocações, por adiamentos, sucessivas audiências ou por dispensas sobre a hora, não foram motivação para este Governo ponderar, e evitar esta péssima decisão que a todos prejudica”, acusa o PS, que exige a reposição no Tribunal de Odemira das antigas competências em matéria cível, criminal e trabalho, “restituindo aos odemirenses e agentes judiciários o direito à justiça de proximidade”.
O Ordenamento é, para o PS, outro dos “pecados capitais” do executivo de Passos Coelho no concelho de Odemira, argumentando que no programa Polis Litoral Sudoeste “o Governo PSD/ CDS-PP voltou a falhar com Odemira e com os municípios vizinhos quando decidiu reavaliar, suspender e extinguir a Parque Expo e com isso arrastar no tempo, por decisão da ministra Assunção Cristas, o programa”.
Os socialistas garantem reconhecer importância ao Polis, o que levou a Câmara de Odemira a investir três milhões de euros no projecto, mas consideram que “deveria estar concluído em 2013”.
“A actual maioria PSD/ CDS-PP fez com que as obras apenas se iniciassem há pouco tempo, impondo a sua conclusão até final do ano de 2015 sob pena de se perder a componente comunitária do financiamento. Este processo deliberado e inconsciente conduziu, inevitavelmente, a que as obras se arrastassem até e durante o período do Verão, altura em que o nosso concelho é muito procurado por turistas nacionais e estrangeiros e o comércio e os serviços atingem o seu pico de actividade, prejudicando todos”, acrescenta o PS.
Recorde-se que além da Justiça e do Ordenamento, os socialistas já identificaram como “pecados capitais” do Governo PSD/ CDS no concelho as Acessibilidades, a Economia e a Educação.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima