PS de Castro Verde quer mais concertação entre Câmara e IPSS’s

PS de Castro Verde quer mais

Os eleitos do PS em Castro Verde querem que exista entre a Câmara e as instituições particulares de solidariedade social (IPSS’s) do concelho uma acção mais concertada.
A posição surge depois da visita realizada pelos socialistas à vila de Casével esta quinta-feira, 29, que marcou o arranque do ciclo de contactos e reuniões nas diferentes freguesias do concelho.
Na ocasião, os eleitos do PS visitaram a Unidade de Cuidados Continuados de Casével, que apoia 22 utentes, e defenderam a necessidade de haver uma plataforma, “informal ou em sede do CLAS – Conselho Local de Acção Social”, que junte com regularidade as instituições de solidariedade social do concelho, “para que seja possível fortalecer a atenção e os cuidados prestados às pessoas idosas e às famílias mais carenciadas”.
“O concelho de Castro Verde tem de ser uma terra mais solidária e a Câmara Municipal tem de assumir as suas responsabilidades e ser a entidade mobilizadora/ coordenadora deste processo, o que não tem acontecido até agora”, vinca o vereador António José Brito, considerando que “investir e apoiar a construção dos equipamentos é fundamental, mas, depois disso, há muito mais para fazer”.
“É nesse ponto, porventura o mais importante, que a autarquia não tem conseguido actuar com competência. Recomendamos e esperamos que esta atitude seja alterada no futuro próximo”, acrescenta o eleito socialista.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima