PS de Castro Verde preocupado com situação da COOP Castrense

PS de Castro Verde preocupado com situação da COOP Castrense

O novo presidente da Concelhia de Castro Verde do PS, Filipe Mestre, manifestou hoje “profunda preocupação” com a actual situação de encerramento da loja da Coop Castrense, que fechou as suas portas temporariamente no último dia 31 de Maio.
Para os socialistas de Castro Verde, “estão em causa, perto de três dezenas de postos de trabalho” e isso, adianta Filipe Mestre, “assume contornos dramáticos” quando o país enfrenta um “cenário de aumento do desemprego”.
“O PS Castro Verde não pode deixar de lamentar que, sendo um símbolo económico do concelho e representativo dos consumidores, a Coop Castrense viva actualmente um momento de tão profunda agonia”, acrescentou Filipe Mestre.
A concelhia do PS assinala que, “independentemente das circunstâncias particulares que estiveram na base da actual situação, sobre as quais deverão ser os sócios a exigir cabal esclarecimento”, a Assembleia Geral marcada para a próxima quarta-feira, 6, deverá ser um momento em que “surjam soluções que vão de encontro à manutenção da loja Coop e à salvaguarda da maioria dos postos de trabalho”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima