PS de Castro Verde critica juntas de freguesia da CDU

A Concelhia de Castro Verde do PS faz um balanço “amplamente positivo” do trabalho desenvolvido pelas maiorias socialistas na Câmara Municipal local e na União de Freguesias de Castro Verde e Casével, mas critica “as evidentes fragilidades” na gestão das freguesias lideradas pela CDU.
A conclusão surge depois do PS de Castro Verde ter concluído, na passada semana, um ciclo de reuniões em todo o concelho, no sentido de avaliar o trabalho autárquico desenvolvido no concelho e iniciar a preparação do ano político de 2021.
Em comunicado enviado ao “CA”, o PS de Castro Verde critica mesmo a “total falta de estratégia, trabalho e dedicação” da CDU nas três juntas de freguesia que lidera no concelho.
“Isto apesar do forte apoio financeiro e logístico que é prestado pela Câmara, que anualmente transfere cerca de 318.000 euros/ano para as três juntas de freguesia com presidência CDU: Entradas (105.000 euros), Santa Bárbara (131.100 euros) e São Marcos da Atabueira (81.900 euros)”, refere o PS no comunicado.
De acordo com os socialistas, “estes valores atribuídos pela Câmara incluem 30.000 euros a cada junta para investimento”, acrescentando que no ano de 2020, “sem explicação possível, esses investimentos estão por fazer nas três freguesias”.

 PS de Castro Verde critica a “total falta de estratégia, trabalho e dedicação” da CDU nas três juntas de freguesia que lidera no concelho.


“E, lamentavelmente, no caso de São Marcos da Atabueira, a Junta liderada da CDU ainda nem conseguiu executar as obras programadas para 2019, desperdiçando o apoio financeiro da Câmara”, vinca o PS de Castro Verde, para quem “fazer pior era… impossível!”.
“Está bem à vista a tão propagandeada (in)competência das eleitos da CDU! É para todos muito óbvio que há uma evidente necessidade de mudança nas políticas e na gestão destas freguesias. Perante esta evidente falta de capacidade e responsabilidade, o PS de Castro Verde está a preparar a apresentação de candidaturas alternativas fortes, dinâmicas e com ‘amor à terra'”, sublinha o PS de Castro Verde.
No comunicado, os socialistas acrescentam que, “visando esse objetivo”, já foi definido “um plano de trabalho a implementar, que contará com a participação e envolvimento das populações, para apresentar candidaturas ganhadoras nas próximas eleições Autárquicas de 2021”.
“O objectivo é muito concreto: vencer as eleições em todas as juntas de freguesia do concelho e, obviamente, na Câmara e Assembleia Municipal”, remata o PS de Castro Verde.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima