PS de Castro critica CDU por chumbar IMI Familiar

PS de Castro critica CDU

O PS de Castro Verde lamenta que a maioria da CDU na Câmara Municipal tenha chumbado a proposta dos socialista para a redução do IMI a pagar pelas famílias com dependentes.
A proposta do PS previa uma redução da taxa de IMI de 10, 15 ou 20 por cento para as famílias com um, dois e três ou mais dependentes, respectivamente, mas a maioria CDU na autarquia acabou por votar contra a proposta na reunião da passada quarta-feira, 25.
“Neste momento, 214 câmaras municipais do país inteiro aprovaram esta medida. Em Castro Verde, a CDU não aceitou fazê-lo”, sublinha o vereador do PS, António José Brito, lamentando “a postura dos eleitos da CDU”.
“Deste modo, recusam beneficiar as famílias do nosso concelho, numa profunda contradição com aquilo que é o seu discurso de todos os dias. Nesta como noutras matérias, a CDU diz uma coisa e faz outra, revelando ao mesmo tempo uma completa falta de sensibilidade social que merece a nossa condenação”, acusa António José Brito.
O vereador do PS recorda ainda que além de não aprovar a diminuição do IMI, a maioria da CDU na Câmara de Castro Verde também chumbou, no passado mês de Agosto, uma proposta do PS para baixar o IRS no concelho.
“Num momento em que os impostos têm um peso brutal nos orçamentos familiares, esta atitude é totalmente incompreensível e não podemos deixar de a repudiar”, conclui António José Brito.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima