PS condena declarações de autarca de Beja

PS condena declarações

O PS de Beja acusa o presidente da Câmara Municipal de não ser “conhecedor da realidade do concelho” e estar “desenquadrado do meio geográfico em que exerce funções”.
Em causa estão as recentes declarações de João Rocha ao jornal diário “Público”, onde o autarca comunista afirmou que a cidade “não tem camas hoteleiras em número suficiente para alojar os passageiros de um único avião”.
Para os socialistas, estas palavras desvalorizam e desconsideram “por completo” o esforço dos empresários do ramo da hotelaria, podendo mesmo “causar dano na imagem da cidade, desincentivando os operadores turísticos de procurar a cidade como destino de curta ou de média duração em iniciativas e roteiros que organizem”.
“Uma cidade capital de distrito cujo presidente da Câmara afirma a um jornal de referência nacional que não tem oferta suficiente de camas para alojar os passageiros de um único avião significaria, objectivamente, que a cidade de Beja não teria 200 camas para oferecer a quem nos procura e aqui se pretende instalar durante um período maior ou menor de tempo. Nenhum operador turístico de referência se sente à vontade para procurar Beja nestas circunstâncias que felizmente não correspondem à verdade e que foram feitas por um presidente da Câmara que lamentavelmente não conhece Beja”, acusa a Concelhia do PS.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima